sexo gratis sexo

InvestNE - "O seu portal de investimento e informações do nordeste".

Pesquisar

Pesquisar


Tamanho da Fonte

Sábado, 12 de julho de 2014

Hotnews

< Playback Play >

Polo calçadista baiano prevê expansão em 2010

Por Redação
Sexta, 22 de Janeiro de 2010 09:21
Imprimir PDF E-mail

Governo do Estado faz investimentos de cerca de R$ 42 milhões para apoiar o desenvolvimento do setor

 

 

O polo calçadista baiano vai crescer em 2010, com investimento do Governo do Estado de cerca R$ 42 milhões para apoiar o desenvolvimento do setor. Quem diz é o secretário da Indústria, Comércio e Mineração, James Correia, que participou, em São Paulo, da 37ª edição da Couromoda – a maior feira de calçados e artigos de couro da América Latina.


“Realizamos uma excelente rodada de negócios. Oito indústrias demonstraram interesse em se instalar na Bahia e pelo menos nove companhias do setor já anunciaram expansão das suas atividades no Estado, Vulcabras, Azaleia, Ramarim, Free Way, Daiby, Bibi, Calçados Castro Alves, Dal Ponte, Paquetá e Dass”, informa Correia.


Segundo ele, diversas medidas estão sendo adotadas pelo Governo do Estado para fortalecer a cadeia produtiva do setor. “A Bahia possui hoje cerca de 30 empresas na área de calçados, componentes e artefatos, que empregam quase 30 mil pessoas em mais de 20 municípios. Além de apoiar a atração de novos empreendimentos, vamos em busca da implantação de um grande e moderno curtume. É o que ainda nos falta”, afirmou.


De acordo com o diretor de Investimentos da Superintendência de Desenvolvimento Comercial e Industrial (Sudic), órgão vinculado à Sicm, está sendo realizada a cessão de um galpão de 10 mil metros quadrados para a Ramarim, em Jequié, gerando cerca de novos 1,1 mil empregos diretos. “Sem essa ampliação, a Ramarim já injeta, mensalmente, na economia do município, cerca de R$ 2 milhões só com salários. É um impacto social enorme”.


Outros destaques, segundo ele, são a duplicação dos galpões da fábrica da Free Way, em Jacobina, que vai criar mais 330 empregos, e a ampliação da Calçados Pegada, em Ruy Barbosa. Além dessas ampliações, o Governo da Bahia vai investir mais R$ 25,67 milhões para construir novos galpões industriais para a indústria de calçados nas cidades de Sátiro Dias, Jequié, São Sebastião do Passé, entre outras.


Azaleia anuncia investimentos de R$ 14,6 milhões
Dificuldades com o mercado externo à parte, o fato é que as empresas calçadistas instaladas na Bahia se preparam para crescer. A Vulcabras/Azaleia, por exemplo - maior calçadista brasileira e maior produtora de artigos esportivos da América Latina, fabricante das marcas Reebok, Olympikus, Vulcabras, Azaleia, Dijean, Funny, OLK e Opanka – planeja, para 2010, investimentos de R$ 14,6 milhões nas 19 unidades fabris no Estado, sendo R$ 9,6 milhões para ampliação produtiva.


“A capacidade de produção da empresa na Bahia, que esteve ociosa em boa parte de 2009, voltou a ser plenamente utilizada. Nossa expectativa é fechar 2010 com 18.513 empregados na Bahia, 881 a mais que dezembro de 2009”, afirmou o presidente da Vulcabras/Azaleia, Milton Cardoso.


Fonte: Governo da Bahia

Adicionar comentário

Seu apelido/nome:
seu email:
Seu estado: Seu website:
Assunto:
Comentário:

Notícias em Destaque


Rua Dr. José Lourenço, 870 - Salas 505 a 508 - Edifício Consorte
Aldeota - Fortaleza/CE
CEP: 60.115-280
Fone ( 85) 3088.5504 / Fax ( 85) 3133.7751
comercial@investne.com.br
luizcarlos@investne.com.br

Fim da Página