sexo gratis sexo

InvestNE - "O seu portal de investimento e informações do nordeste".

Pesquisar

Pesquisar


Tamanho da Fonte

Sábado, 22 de novembro de 2014

Hotnews

< Playback Play >

FMI corta projeção para crescimento da economia mundial

Por Redação
Segunda, 16 de Julho de 2012 10:49
Imprimir PDF E-mail

Brasil deve registrar pior índice de crescimento entre países emergentes

 

 

economiaO FMI (Fundo Monetário Internacional) cortou a projeção de crescimento da economia global neste ano. Antes estimado em 3,6% em 2012 e em 4,1% no próximo, o órgão prevê um crescimento de 3,5% e de 3,9%, respectivamente. "Nos últimos três meses a recuperação global, que já não era forte, mostrou mais sinais de enfraquecimento", alerta o relatório que atualiza as projeções econômicas anunciadas em abril. Todas as comparações estão na base ano a ano.

 

Essas perspectivas incorporam as premissas de que a Europa terá condições de promover um alívio em suas políticas e que esse alívio nas economias emergentes começará a ganhar força. Mas o FMI alerta que claramente os riscos são grandes e que incorporam fatores como atrasos ou ações insuficientes.

 

As maiores revisões para esse ano ficam por conta do Brasil e do Reino Unido. A expectativa de PIB (Produto Interno Bruto) de ambos foi cortada em 0,6 ponto percentual. Por aqui, a economia deverá avançar 2,5% neste ano, mas ganhará força para 4,6% no próximo, número 0,5 ponto percentual acima daquele de abril.

 

O órgão internacional alerta que muitos países emergentes perderam força, notadamente o Brasil, a China e a Índia. "Isso parcialmente reflete um ambiente externo mais fraco, mas a demanta doméstica também desacelerou forte em reposta a limitações de capacidade e um aperto monetário no último ano", escreve o FMI.

 

Também recebe atenção do FMI o aumento na aversão ao risco e as incertezas sobre o crescimento global, que prejudicou o preço das ações e levou a uma saída de capitais destes países e à depreciação de suas moedas.

 

O corte no Brasil é superior ao de outros emergentes, que viram suas projeções caírem apenas 0,1 ponto percentual neste ano e 0,2 no próximo. Mesmo assim, a projeção do FMI é superior aos 1,9% previstos no Relatório Focus, divulgado pelo Banco Central nesta manhã. A China deverá crescer 8,0% neste ano, contra os 8,2% que o FMI esperava em abril - mas ainda assim acima da meta do governo chinês, de 7,5%.

 

Por outro lado, surpreende uma revisão para cima em 0,4 ponto percentual para Alemanha e Espanha. O primeiro país deve ver um salto de 1,0% na economia neste ano, enquanto o segundo deve experimentar uma queda de 1,5%.

 

Apesar disso, o FMI alerta que a situação europeia continuará precária até que todas as medidas sejam adotadas. A recente deterioração no mercado de dívida soberana serve como alerta que essas medidas devem ser implantadas a tempo e que, junto com o progreso na união bancária e fiscal, estas devem ser as prioridades da Europa, afirma o relatório.

 

Da infomoney

Adicionar comentário

Seu apelido/nome:
seu email:
Seu estado: Seu website:
Assunto:
Comentário:

Notícias em Destaque


Rua Dr. José Lourenço, 870 - Salas 505 a 508 - Edifício Consorte
Aldeota - Fortaleza/CE
CEP: 60.115-280
Fone ( 85) 3088.5504 / Fax ( 85) 3133.7751
comercial@investne.com.br
luizcarlos@investne.com.br

Fim da Página